Você está lendo uma das 12 TENDÊNCIAS PARA 2012. Leia todas as 12 tendências aqui »


11. EMERGING MATURIALISM

“MATURIALISM EMERGENTE”
Por que, em 2012, consumidores com experiência e com a cabeça aberta em mercados emergentes tradicionalmente “conservadores” vão adotar campanhas e produtos que sejam sinceros, ou até arriscados. 

Eis o que nós dissemos a respeito de MATURIALISM há algum tempo: “Totalmente expostos a um mundo sem censura, cheio de opiniões e cru (isso quando não participam diretamente dele, principalmente na esfera online!), consumidores com experiência já não toleram ser tratados como o público de antigamente, que se chocava com facilidade, não tinha experiência e sempre ficava em cima do muro. Capazes de conduzir conversas muito mais honestas, aceitar inovações mais ousadas, sabores mais fora do comum e experiências mais arriscadas, esses consumidores cada vez mais apreciam marcas que extrapolam os limites.”

Isto se aplicava principalmente a consumidores em sociedades de consumo maduras, mas, em 2012, vamos ver cada vez mais manifestações de MATURIALISM em mercados emergentes também.

Por quê? Apesar de todas as diversas diferenças culturais que podem existir, a classe consumidora global é parecida, de modo notável, em relação a suas necessidades e desejos, isso sem mencionar que também é mais urbana (leia-se: mais conectada, mais espontânea e mais propensa a experimentar). Então, se você é uma marca chinesa ou indiana ou turca, ou se é uma marca ocidental que vende para mercados emergentes, 2012 é o ano em que você pode fazer as coisas avançarem um pouco mais.

Exemplos:


  • Em 2011, a Diesel da Índia fez uma promoção nas lojas físicas com a seguinte frase: “Sexo vende. Infelizmente, nós vendemos jeans” que oferecia um brinquedinho sexual bobinho para clientes que gastassem mais de US$ 150. A joelheira “Knee J”, de couro sintético, vinha em uma caixa que mostrava desenhos retrô ousados e a frase: “Reações de Reflexo no Joelho Garantidas”.
  • Lançada em março de 2011, a campanha de publicidade da marca indiana de produtos para cuidados pessoais Cardiograph Corporation para o gel de limpar as mãos Sanitol mostra um homem pegando na área íntima de outro e um segundo cutucando o nariz de um colega. As propagandas indicam os tipos de germes que os consumidores podem ter nas mãos e comprova por que devem usar o produto para mantê-las limpas. 

  • A marca farmacêutica Johnson & Johnson, dos EUA, criou uma campanha publicitária na China em setembro de 2011 para elevar a consciência sobre a saúde ginecológica. Um comercial em vídeo que mostrava um diário supostamente escrito por “V” (vagina, “小V日记” em chinês) levava os usuários de internet para um microsite específico em que as usuárias podiam ver um diário online fictício escrito a respeito da saúde sexual feminina. O livreto virtual de 30 páginas trazia artigos e informação a respeito de relacionamentos e sexo, assim como moda e amizade.