Você está lendo parte do Trend Briefing da trendwatching.com, (R)ETAIL (R)EVOLUTION


Leia o Trend Briefing inteiro aqui »

#1: E IS FOR EVERYWHERE

Para os consumidores, o próprio ato de navegar em um site, localizar e, em seguida, comprar um produto específico está dando lugar a um mundo onde o (e)comércio está sempre a apenas um clique (ou um ponto, um toque, ou um swipe) de distância.

De fato, o e-commerce está sendo rapidamente acompanhado por "m-" e "t-" comércio (por meio de celular, tablet e TV). Seja qual for o meio, os consumidores vão usar toda e qualquer tecnologia disponível que os auxilie a encontrar e comprar o produto certo, pelo preço certo, de uma maneira que eles gostem. Exemplos:

SCREEN CULTURE

“CULTURA DA TELA”

Nós olhamos para a penetrante SCREEN CULTURE em nossas 12 Tendências Cruciais do Consumidor para 2012. Agora, para os (r)etailers (e-varejistas), qualquer coisa, desde paradas de ônibus até programas de TV, podem ser um ponto de comércio, pois os consumidores estão armados com seus smartphones ou tablets para abraçar aplicações inovadoras e tecnologias para fazer compras onde e quando quiserem*.

*Observação: É isso neste Trend Briefing para o m-commerce. Sim, as linhas entre o móvel e online estão ficando mais desfocadas a cada dia, especialmente para os primeiros consumidores de dispositivos móveis em mercados emergentes, mas para manter isso gerenciável para você e para nós, vamos continuar atentos para todos os desenvolvimentos de m-commerce, para outro Trend Briefing!

Tesco Homeplus: lojas com Código QR em pontos de ônibus

As "Paredes de compras” de código QR apareceram em toda parte desde o projeto piloto da Tesco Homeplus na Coréia. Agora, a empresa expandiu a iniciativa para 20 pontos de ônibus em Seul, depois de se tornar o aplicativo comercial número um na Coréia, com quase um milhão de downloads.

Lojas virtuais de Código QR

Outras marcas online que estão implementando as lojas incluem o eBay, tanto em Londres e Nova Iorque, o PayPal em Cingapura, a varejista de moda de luxo Net-a-Porter e a loja on-line do supermercado Ocado. Os varejistas tradicionais, como a Toys"R"Us, Sears e Kmart, bem como fabricantes como a Procter & Gamble também têm implementado essas “lojas”. Com sua combinação vencedora de conveniência, novidade e os baixos custos de configuração, as “paredes de compras” podem ser uma inovação de varejo que irá durar.

Glamour & L’Oreal: táxis Fashion

Durante a New York Fashion Week, a revista Glamour realizou uma parceria com a L'Oreal para permitir que os passageiros que tomarem certos táxis selecionados possam comprar produtos Lancôme que eles viram em destaque em telas de TV dentro do táxi.

Aplicativo para iPad “Assista com eBay”

O novo aplicativo do eBay para iPad inclui o recurso "Assista Com eBay". Os usuários entram no canal que estão assistindo para ver os itens relevantes disponíveis para compra. Por exemplo, os fãs do esporte assistindo a um jogo podem comprar recordações relevantes das equipes na tela.


ALL THE WEB'S A (SHOP) WINDOW

“TODA A WEB É UMA JANELA (DE COMPRA)”

Não é apenas no mundo offline que os consumidores são capazes de facilmente comprar quase tudo o que encontram [veja o nosso Trend Briefing de fevereiro/março de 2012 sobre POINT-KNOW-BUY (APONTE-SAIBA-COMPRE). Online também, cada vez mais as pessoas podem clicar, encontrar e comprar itens que vêem nas imagens ou vídeos*.

* Tal como acontece com muitas tecnologias novas, algumas editoras não serão capazes de resistir à tentação de cobrir as suas fotografias e vídeos com anúncios invasivos. Você não precisa que lhe digamos para só inserir links de produtos sutis, úteis e, sobretudo, bem-vindos. E não, pop-ups agressivos nunca se tornarão “cool”.

IKEA & ThingLink: imagens compráveis

A IKEA têm utilizado a tecnologia ThingLink para incorporar links de produtos nas imagens em seu blog sueco, permitindo aos clientes comprarem diretamente a partir das fotos.

Stipple: loja por imagem

A Stipple oferece aos consumidores a capacidade de descobrir e então comprar objetos que estão em imagens.

Gucci: compre o vídeo da Primavera/Verão de 2012

Até que as tecnologias de POINT-KNOW-BUY possam ser implementadas com precisão por pessoas que estejam apenas assistindo a vídeos online, é de escolha das marcas criar vídeos “compráveis”. Que é exatamente o que a Gucci tem feito para promover a sua Coleção Primavera/Verão 2012.

ClickBerry: marque vídeos para torná-los interativos

A ClickBerry oferece uma série de soluções para fazer vídeos interativos, permitindo que os editores adicionem áreas clicáveis em seus vídeos.


ON TO OFF

“DE ON PARA OFF”

Enquanto praticamente todos os consumidores estão agora online, às vezes faz sentido, mesmo para as maiores marcas online criar filiais fora de suas raízes virtuais e chegar aos clientes no mundo real também. Porque afinal, como observamos em RETAIL RENAISSANCE, os consumidores continuarão a desejar experiências no "mundo real" ainda por um longo tempo.

Amazon: lançando lojas de varejo?

Em fevereiro de 2012, o blog executivo Good E Reader apontou que a Amazon iria lançar uma loja de varejo em sua cidade natal, Seattle, para mostrar os seus produtos físicos de marca própria, como o Kindle.

Google: rumores sobre uma loja em Dublin

Após o lançamento da loja pop-up Chromebook em Londres, em outubro de 2011, um aplicativo de planejamento em janeiro de 2012 levantou rumores de que o Google estava planejando abrir uma loja de varejo em Dublin, Irlanda.

Groupon: disponível em quiosques em Chicago

O site de negócios diários Groupon inaugurou quiosques interativos em Chicago em janeiro de 2012, permitindo às pessoas adquirir negociações para empresas locais diretamente das máquinas.

Living Social: 918 F Street

A concorrente do Groupon, Living Social, abriu a 918 F Street, um edifício de aproximadamente 2.600 metros quadrados e seis andares em Washington, DC. O espaço é utilizado para hospedar as experiências que o site vende online, tais como aulas de pintura, cozinha e ioga.

Threadless & GAP: camisetas de varejistas online vendidas em lojas

O Threadless, o site de camisetas crowdsourced que se tornou um dos varejistas mais bem sucedidos da web, lançou uma parceria com a GAP, em fevereiro de 2012. A parceria avaliou designs de camisetas da marca online disponíveis nas lojas GAP selecionadas e online.

Stylistpick: conheça os formadores de opinião na loja pop-up

O serviço online por assinatura personalizado de acessórios Stylistpick abriu uma loja pop-up no shopping Center de Westfield, Londres, em fevereiro de 2012, onde os fãs poderão conhecer as celebridades formadoras de opinião por trás de suas coleções.

OFF TO ON

“DE OFF PARA ON”

Assim como os consumidores desfrutam de encontrar marcas que só existiam em mercados online, agora offline, eles também esperam que o mercado offline seja acessível online. Agora, enquanto obviamente não há nada novo sobre as marcas que vendem online, essas recentes inovação em OFF TO ON se destacam:

Turnhills: loja online por janelas

O Turnhills é um diretório online de fotos crowdsourced de vitrines reais de lojas. Lançado em dezembro de 2011, o site abrange, atualmente, a cidade de Nova York.

Google Catalogs: aplicativo oferece versões digitais de catálogos de loja

O aplicativo para tablet de Catalogs do Google traz os catálogos do mundo real para o mundo virtual. O aplicativo dispõe de catálogos digitais de marcas como Bloomingdale's, Neiman Marcus, Nordstrom, Sephora e Williams-Sonoma. Os usuários podem procurar por produtos dentro e através de catálogos, e tanto comprar online quanto localizar produtos em estoque em lojas.

PanoPlaza: compras online em lojas reais

O site hospedado no Japão, PanoPlaza foi lançado no mês de janeiro de 2012. O site cria versões virtuais de lojas de rua que utiliza fotos panorâmicas com 360°, com "hotspots" inclusos, onde os produtos estão disponíveis para compra. A tecnologia tem sido utilizada em Tóquio para uma loja de departamentos, uma livraria e uma loja de doces.

Plink: créditos do Facebook para compras offline

Em janeiro 2012, também houve o lançamento do Plink, um programa de fidelidade onde os participantes são recompensados com créditos do Facebook para compras e jantares offline. Os estabelecimentos participantes incluem a rede Taco Bell, 7-Eleven e Dunkin' Donuts, com mais de 25.000 locais disponíveis ao redor dos EUA.



Você está lendo parte do Trend Briefing da trendwatching.com, (R)ETAIL (R)EVOLUTION


Leia o Trend Briefing inteiro aqui »